ABOUT US

A CRIXO iniciou suas atividades em meados de 2014, na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, bem ao extremo sul do território brasileiro, a partir da ideia do seu fundador, cujo apelido deu origem à marca.

“Os produtos CRIXO são a nossa resposta a uma sociedade que joga fora nos oceanos que desfrutamos mais de 8 milhões de toneladas de plástico e outros materiais prejudiciais ao meio ambiente. Decidimos contribuir para a comunidade de maneira positiva e de baixo impacto, criando produtos sustentáveis, de alto desempenho, para qualquer pessoa.”

What was just a hobby became a business.

Initially the production consisted of the manufacturing of surfboards and stand up paddle, através da técnica chamada “hollow wooden”.

The first models of oars and fins, a partir do aproveitamento da sobra das madeiras utilizada nas pranchas, e a ideia de desenvolver novos produtos começava a tomar forma.

Hoje a Crixo possui uma linha completa de produtos e acessórios de madeira para a prática de esportes e para o dia a dia, que combinam estilo, design diferenciado, qualidade e sustentabilidade.

Welcome!

 

 

 



Sustentabilidade é o nosso compromisso.

A sustentabilidade é um propósito! Não é marketing, não é moda, mas consciência para um mundo cada vez melhor para todos.

Nossos produtos colocam sustentabilidade na ordem do dia sem abrir mão do design, alta qualidade, estilo e regidos por um enorme respeito à natureza e às pessoas. Nosso padrão de fabricação visa a sustentabilidade desde a extração da matéria-prima, passando pelos processos produtivos e vai até o descarte do produto após o consumo.

E como entra a sustentabilidade nos produtos de madeira? Primeiramente, a madeira que serve de base para toda nossa produção das pranchas vem da árvore Paulownia, que é uma espécie nativa da região asiática e, no Brasil o manejo é regulado pelo Ibama. A peculiaridade é que esta arvore pode ser cortada por diversas vezes em seu ciclo de vida, o que a deixa com mais força. Em segundo lugar, a madeira que não é utilizada na fabricação das pranchas junto com outras madeiras, muitas vezes garimpadas nas ruas, dá origem a outros produtos, como os remos, as quilhas, as raquetes de frescobol, entre outros.

O resíduo (serragem) é biodegradável, podendo ser reciclado ou absorvido pelo ambiente como adubo orgânico ou digerido por insetos, como cupins e formigas, porém, estamos desenvolvendo testes para transformá-lo em em lenha ecológica (briquetes), numa mistura que contém restos de galhos secos de árvores, grama, papéis e papelão.

Deste modo, do início ao fim dos nossos processos, toda a matéria prima é utilizada.

FOLLOW US ON INSTAGRAM

Unable to communicate with Instagram.